Powered by Rock Convert

O desenvolvimento de aplicativos, seja para o cliente de um negócio ou para uso interno, tem ganhado força no mercado atual. 

Porém, para que o projeto seja bem sucedido, é preciso que as empresas tomem cuidado com muitos aspectos, como a segurança digital e o número de erros do código-fonte. Além disso, o design de interface deve ser objeto de atenção de todo projeto de desenvolvimento.

Ele é uma das partes mais importantes do processo de criação de um app. Afinal de contas, a maneira como os itens são estruturados dentro da aplicação definirá as interações do cliente, a sua relação com o sistema e o seu nível de adesão. Por isso, uma série de cuidados deve ser tomada quando o gestor decide planejar a interface de um software.

Quer saber quais são? Confira o post a seguir!

O que é o design de interface?

O termo “design de interface” é utilizado para definir todos os elementos visuais de uma aplicação, assim como o modo como eles estão estruturados. Em outras palavras, itens como a fonte utilizada, o layout, o esquema de cores e os ícones fazem parte do design de interface de um aplicativo. Juntos, eles dão ao app uma “personalidade” própria.

Por que o design é uma parte importante do desenvolvimento de apps?

A definição da linguagem visual de um aplicativo é um dos momentos mais importantes da sua criação. É nessa hora que o gestor identificará todos os pontos que tornam o app único.

Justamente por isso, o design de interface deve ser definido com cuidado. A empresa precisa avaliar como moldar um projeto visual alinhado ao seu perfil e ao do usuário. Além disso, os itens devem ser organizados de tal modo que a usabilidade seja a melhor possível.

Estruturando um bom design de interface, o negócio conseguirá garantir que a aplicação seja bem vista pelo usuário desde o primeiro contato. Cada detalhe estará em sintonia com o perfil do público-alvo, criando uma boa experiência de uso. Além disso, haverá continuidade entre cada parte do app, reduzindo o tempo de integração no dia a dia do usuário e aumentando a fidelização.

Como otimizar o desenvolvimento de interfaces para aplicativos?

A interface de um aplicativo precisa ser feita considerando um conjunto de fatores. Avaliando cada um corretamente, a empresa pode garantir que o resultado final será um software bonito, bem estruturado e alinhado às demandas do usuário. Veja os principais a seguir!

Conheça o público-alvo

Este é um passo básico. Saber o perfil do público-alvo auxiliará não só na escolha da melhor interface, mas também na definição de como cada recurso estará estruturado, dos controles de segurança e das funcionalidades básicas. Além disso, melhorará a distribuição de recursos e o modo como a aplicação será gerenciada após a sua distribuição.

No caso do design, saber o perfil do público-alvo auxilia, por exemplo, a identificar se é melhor escolher elementos de tons sóbrios ou uma fonte jovial. Otimiza ainda a escolha de cores e o modo como os recursos serão distribuídos entre cada página. Assim, a usabilidade será otimizada ao máximo.

Siga os manuais do sistema operacional

Todo sistema operacional moderno tem um manual com as guidelines de design do sistema. Esses guias são utilizados pelos desenvolvedores do OS para orientar programadores a criar aplicações com uma interface adequada ao padrão do dispositivo do usuário.

Em outras palavras, seguir a guideline de design do sistema permite que o aplicativo tenha elementos visuais (como botões e fontes) que são semelhantes aos utilizados pelos aplicativos nativos. Isso dá ao usuário mais agilidade para integrar a aplicação ao seu dia a dia. Além disso, torna o uso da ferramenta mais natural e simples.

Destaque os dados e funcionalidades mais importantes

O layout é um elemento crítico do design de interface de um sistema. Afinal de contas, ele define como cada elemento, recurso ou mensagem estará distribuído por toda a interface. Por isso, é importante que ele seja feito considerando a necessidade de destacar todos os itens e recursos mais importantes.

Essa escolha torna o uso do app mais simples, direto e dinâmico. O usuário poderá acessar as principais funcionalidades rapidamente. Dessa forma, a sua produtividade será elevada, assim como as chances de ele ser fidelizado.

Utilize a análise de dados

A análise de dados pode dar uma importante visão sobre como o app poderá ser otimizado em versões futuras. Avaliando os logs de uso, o gestor terá meios para obter insights e entender se há escolhas de interface que são pouco funcionais. Desse modo, o design poderá ser otimizado de modo mais profundo, inteligente e de acordo com as demandas do usuário.

Quais são as tendências atuais do design de interface?

Outro ponto importante da criação de aplicativos com uma boa interface é seguir as tendências do setor. Isso garante que o software tenha um visual moderno e inteligente, seguindo o que é utilizado pelas principais aplicações existentes. Confira as três principais a seguir!

Tipografia com storytelling

O storytelling é uma forma inteligente de encantar o consumidor. Utilizando a tipografia de maneira inteligente, você pode contar histórias em seus aplicativos, gerar conexões com o usuário e exibir ideias de modo inovador. Dessa maneira, as chances de uma pessoa instalar o app serão muito maiores.

Transições e Motion com CSS

Recursos visuais e animações são cruciais para dar fluidez para a troca de telas. Elas devem ser aplicadas de tal modo que as interações se tornem mais dinâmicas e, ao mesmo tempo, agradáveis. Desse modo, o usuário ficará mais encantado ao utilizar o app até mesmo em tarefas simples.

Mesclagem de cores e gradientes

As tendências relacionadas ao modo como as cores são sobrepostas em apps também mudam continuamente. Atualmente, o mercado está buscando aplicativos com cores mescladas e o uso de gradientes. Ou seja, tons neutros estão sendo abandonados até mesmo em apps corporativos.

O desenvolvimento de aplicativos pode trazer grandes impactos positivos para as receitas de uma empresa. Ter sistemas inteligentes e em sintonia com as demandas do usuário, quando eles são voltados para uso interno, pode trazer mais produtividade e inovação. 

Já no caso em que eles são destinados aos clientes, os apps podem aumentar a presença da marca no imaginário do consumidor e as receitas a médio e longo prazo.

Mas, tais benefícios só são possíveis quando a empresa consegue estruturar um sistema inteligente e com boa usabilidade. Isso inclui, principalmente, uma preocupação contínua com o design de interface. Esse fator, quando bem tratado, pode alinhar o app às demandas do negócio e, assim, garantir maior lucratividade.

Portanto, sempre invista em um bom design de interface para as suas aplicações. Avalie as demandas dos usuários, identifique tendências e foque os guias de design do sistema operacional. Desse modo, será mais fácil garantir uma boa impressão para o software desde o primeiro instante de uso.

Gostou deste conteúdo? Então, acompanhe os nossos perfis no Facebook, LinkedIn e YouTube!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *