Powered by Rock Convert

A transformação digital exige que as empresas sejam mais ágeis no desenvolvimento de soluções. O low-code surgiu justamente com esse objetivo: ajudar o negócio a se tornar mais competitivo e atender melhor os clientes por meio do uso da tecnologia.

Um problema que as empresas enfrentam diz respeito aos custos elevados de desenvolvimento de aplicações. Isso se dá também em virtude da complexidade do sistema, que exige profissionais com conhecimento e experiência em programação. Como será visto ao longo deste artigo, o low-code ajuda a mitigar esse problema.

Continue a leitura e entenda melhor sobre o que é low-code, a sua importância, as vantagens e as suas principais ferramentas de uso!

O que é low-code?

A utilização de ferramentas low-code permite a criação de soluções de forma rápida. O uso de interface gráfica intuitiva é um dos fatores que auxiliam nesse processo, visto que não exige do colaborador um conhecimento elevado em linguagens de programação.

A codificação da aplicação passa a ser, portanto, algo secundário no processo do low-code. Outra característica a ser destacada é que essa solução dispensa procedimentos relacionados, por exemplo, à vinculação de bancos de dados. Com ações simples como arrastar e soltar, o desenvolvimento de uma aplicação passa a ser feito de forma muito mais rápida, sem perda de qualidade.

Qual a importância do low-code?

Quando uma empresa demanda um software a ser desenvolvido da forma tradicional, o departamento de TI terá também de lidar com várias outras atividades relacionadas, por exemplo, ao monitoramento de rede e de potenciais ameaças aos sistemas corporativos.

Em outras palavras, isso vai aumentar o tempo de desenvolvimento da aplicação, visto que a equipe terá que se desdobrar em várias outras tarefas. Nesse sentido, o low-code se apresenta como uma forma de reduzir bastante esse tempo, liberando os profissionais de TI para outras atividades do negócio.

Quais as vantagens do low-code?

Visto que o low-code é responsável por reduzir o tempo de desenvolvimento de uma aplicação e simplificar o processo, é possível obter, com isso, várias vantagens. Acompanhe as subseções a seguir e conheça as principais delas!

Flexibilidade

Uma diferença sensível entre o desenvolvimento tradicional e o low-code é que, no primeiro, a flexibilidade é bastante limitada. Isso porque as funcionalidades de uma aplicação rodam em um único serviço, o que caracteriza os chamados sistemas legados, que se tornam obsoletos com o passar do tempo, não entregando mais a performance esperada pelos gestores da empresa.

Em contrapartida, o low-code funciona de maneira modular. Na prática, isso significa que as funcionalidades atuam de forma independente, sendo que a comunicação e integração delas é feita por meio de APIs. Com isso, além da maior flexibilidade, fica mais fácil realizar manutenções no sistema.

Leque maior de possibilidades

Para que a empresa tenha um profissional com conhecimento e experiência em programação, ela deve ter em mente que em muitos casos terá de pagar um salário condizente com o mercado. Além disso, esse colaborador é requisitado por outras empresas, o que dificulta ainda mais a contratação.

Powered by Rock Convert

O low-code faz com que alguém que não tenha muitos conhecimentos em linguagens de programação possa operar sem grandes dificuldades. Consequentemente, a empresa não precisará pagar um salário tão elevado a esse profissional, que agora terá condições de entregar um trabalho tão bom quanto aquele que seria desempenhado por alguém especializado.

Personalização

O gerenciamento eficiente de todas as áreas do negócio passa, necessariamente, por um sistema de gestão personalizado. Cada companhia tem as suas necessidades e particularidades específicas, o que exige um software não só robusto, mas que seja também escalável. Isso é importante para a solução permanecer operacional mediante o crescimento no volume de operações da empresa.

O low-code auxilia os profissionais a fazerem customizações em um sistema ERP. No momento da aquisição do software, é comum que a empresa tenha optado por uma versão mais simples, mas que possa ser incrementada futuramente.

Autonomia

Um dos gargalos do departamento de TI diz respeito à sobrecarga de tarefas. Manutenções em equipamentos, monitoramento e identificação de vulnerabilidades da rede são apenas alguns exemplos. Não obstante, quando os seus colaboradores também precisam se dedicar ao desenvolvimento de uma aplicação, sobra menos tempo para as atividades citadas.

Dado o contexto, o low-code ajuda a promover uma maior democratização referente ao desenvolvimento de aplicações na empresa. Em outras palavras, outros colaboradores de departamentos que não sejam o de TI estarão aptos a criar alguma solução específica que auxilie o setor a ser mais eficiente e produtivo.

Quais as principais ferramentas de low-code?

Quando falamos em ferramentas de low-code, existem três que são referências no mercado: Cronapp, OutSystems e Mendix. Conheça melhor cada uma delas a seguir.

Cronapp

O Cronapp permite tanto o desenvolvimento low-code na nuvem quanto no modo on premise, permitindo também o desenvolvimento de aplicativos mobile. Funciona basicamente por meio de blocos de programação pré-definidos. Além de permitir a rápida criação de soluções, a ferramenta Cronapp permite:

  • aumento da produtividade;
  • melhor controle administrativo;
  • automação de processos;
  • redução de custos, entre outras coisas.

OutSystems

O OutSystems é uma ferramenta low-code de código aberto que permite o desenvolvimento de aplicações voltadas para sistemas operacionais Android e iOS. Além disso, facilita a criação de fluxos lógicos e a conexão com bancos de dados.

Mendix

Diferentemente do Cronapp, o Mendix é uma ferramenta que funciona somente na nuvem. A interface é bastante intuitiva e é caracterizada também pelo desenvolvimento multicanal. Na prática, isso significa que os testes de uma aplicação podem ser feitos em qualquer lugar, o que ajuda a reduzir o tempo de implementação da solução.

Neste post, você entendeu o que é low-code e a sua capacidade de facilitar o desenvolvimento de softwares completos e aplicações robustas!

Aproveite a visita em nosso blog e veja como a solução pode agregar valor ao seu negócio!

Entre em contato com nossos especialistas e conheça os diferenciais da plataforma Cronapp!


Avatar

Anne Coifman

Eu sou Jornalista de formação e atuo com Marketing Digital, focada em produção de conteúdo. Apaixonada por leitura, a curiosidade faz parte do meu DNA e a sede por aprendizado constante corre em minhas veias! A área de TI é ampla, possui conteúdos dinâmicos e impactantes que me atraem a cada momento, despertando o interesse em compartilhar as novidades. Espero que gostem dos conteúdos que preparamos para vocês!

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *