Manter o foco é essencial para fazer um bom trabalho e alcançar os resultados que se deseja. Afinal, empresas também precisam evitar distrações, a fim de atingir metas e pensar em expansão. É nesse contexto que entra o core business, uma metodologia de gestão.

De forma resumida, o método serve para definir o coração do negócio, ou seja, o carro-chefe do empreendimento. Uma empresa de Tecnologia da Informação (TI), por exemplo, deve focar o desenvolvimento de soluções tecnológicas de forma mais estratégica.

O que acontece é que a atenção deveria estar voltada para softwares, só que as distrações pelo caminho — áreas financeira, tributária, de marketing e afins — tornam o processo um tanto complexo. Como o core business pode mudar isso? Continue a leitura e descubra!

O que é core business?

Em poucas palavras, core business é o coração ou o núcleo do negócio. É o que faz a empresa crescer, gerar valor, tornar-se uma referência e colher os resultados. 

Desse modo, já é possível perceber a importância da metodologia de gestão, uma vez que ela é responsável pelo crescimento do negócio. É ela também que guia visão, missão e valores das organizações, além de balizar a tomada de decisões estratégicas. Para identificá-la, você pode seguir algumas perguntas:

  • Qual é a área de atuação da sua empresa?
  • Qual é o principal produto ou serviço?
  • Quem é o público que consome o que você vende?
  • Quais são seus diferenciais competitivos?
  • De que forma você traz relevância para o mercado?

Por que a metodologia é importante para o negócio?

São tantas áreas para administrar, que o foco no core business acaba se perdendo pelo caminho. Pois saiba que ter uma boa equipe de RH ou um setor financeiro organizado e com as contas em dia não é suficiente. Se o núcleo do negócio não seguir pela mesma linha, o crescimento fica distante, e a organização, como um todo, não evolui.

Se você pensar como consumidor, faz muito sentido. Para ele, não interessa se tudo funciona internamente — o que importa é que seu produto ou serviço atenda às necessidades dele. Nada mais. Um cliente satisfeito é sinônimo de resultados, que, por sua vez, podem levar à expansão dos negócios. Portanto, o core business é essencial para o bom funcionamento da empresa. Veja mais:

Como tornar a TI mais estratégica com o core business?

A área de Tecnologia da Informação, por si só, já é uma das mais estratégicas, pela própria natureza das suas atividades. Afinal, é ela que mantém toda a corporação conectada e em pleno funcionamento. Com o core business, no entanto, o setor pode se tornar ainda mais habilidoso. A seguir, veja como implantar a metodologia de gestão na TI.

Defina o core business

Pode parecer óbvio, mas não é. Devido à “distração” dos outros setores que viabilizam o negócio, a metodologia passa despercebida. No início do post, você viu algumas perguntas, não é? Use-as para trilhar o caminho. Empresas de TI podem focar serviços de rede, gestão de softwares, serviços na nuvem ou até manutenção de infraestrutura.

Ao definir qual produto ou serviço será o seu carro-chefe, fica mais fácil concentrar os esforços no crescimento. Isso não significa que as outras áreas não mereçam atenção. Afinal, os resultados vão impactar toda a empresa.

Terceirize o que precisar

Depois de definir o core business, você pode avaliar quais serão as áreas de apoio para que tudo funcione de acordo com o planejamento estratégico do negócio. Esses setores podem ser terceirizados por meio de contratos de outsourcing. Dessa forma, o foco permanece em um único lugar. Entre os serviços que podem adotar a modalidade, estão:

  • contabilidade e jurídico;
  • comunicação e marketing;
  • segurança;
  • limpeza e conservação.

Uma das maiores vantagens da terceirização é poder contar com profissionais de alto nível e especialistas na área em que atuam a custos mais previsíveis. A modalidade dispensa recrutamento, admissão e treinamento de pessoal, ou seja, nada de folha de pagamento e toda a papelada das contratações. 

Reveja processos internos

Ao avaliar a empresa, é sempre válido revisitar os processos internos, a fim de avaliar o que funciona e o que pode ser ajustado para melhor atender às expectativas. Muitas vezes, meios lentos e burocráticos podem dar lugar a metodologias mais ágeis. 

Portanto, vale fazer um diagnóstico e mapear o tempo de execução das tarefas, quantidade de profissionais envolvidos, prazos de entrega, produtividade, entre outros fatores. É importante envolver tanto lideranças quanto colaboradores, para que a avaliação — bem como as propostas de mudança — seja o mais certeira possível.

Invista em recursos tecnológicos

A transformação digital chegou para mudar a forma como todos os setores trabalham e interagem entre si. Por isso, mais do que nunca, investir em tecnologia é o melhor caminho para otimizar processos e agilizar entregas. A automatização das coisas gera mais tempo para focar o core business do negócio.

Por meio de recursos tecnológicos avançados, é possível integrar todas as áreas da empresa, acessar dados em tempo real, extrair relatórios e ter tudo de que precisa sempre à mão. Todo o processo acontece de maneira automática, fácil e rápido.

Delimite cada função na equipe

Um bom planejamento demanda processos bem estruturados e profissionais focados. Em uma equipe, cada um deve saber o seu papel de forma clara, sem sobrecarga ou dúvidas sobre o que deve ser feito. Isso afeta diretamente a produtividade. Para organizar o escopo do trabalho, vale contar com ferramentas ágeis e a tecnologia para gestão de projetos.

Ao saber o papel de cada membro da equipe e quais resultados a empresa espera alcançar, todos trabalham mais motivados. O ânimo contribui para as entregas tanto na qualidade como nos prazos.

Em suma, o core business é a parte mais importante de todas as organizações. É ele que vai guiar os passos do negócio rumo ao crescimento e integrar todos os setores em busca de resultados. Para que a TI extraia o máximo potencial dessa metodologia e se torne uma área ainda mais estratégica, é importante que ela siga todos os passos. Assim, será mais fácil identificar oportunidades e implementar melhorias.

O que achou do conteúdo? Deixe seu comentário aqui e conte como foi a implementação do core business na sua empresa.

Categorias: Tecnologia

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *