O software open source surgiu em 1998. Basicamente, trata-se de um termo criado pela Open Source Initiative — OSI — para definir programas de computador que têm o seu código-fonte liberado para que qualquer pessoa ou empresa que queira possa utilizá-lo, editá-lo e distribuí-lo.

Diferente dos modelos tradicionais, em que os códigos-fonte são secretos, e as licenças, caras, o open source oferece inúmeros benefícios e é amplamente utilizado por diversas empresas que buscam tecnologias modernas com muito mais economia.

A seguir, mostramos como funciona esse modelo de software, bem como quais as principais vantagens em sua utilização. Continue a leitura!

Entenda o que é e como funciona o software open source

O open source é um sistema de código-fonte aberto. Isso significa que ele deve conter algumas características para ter essa classificação, entre elas:

  • sua distribuição deve ser livre, ou seja, não é preciso pagar por sua licença;
  • seu código-fonte é aberto, o que permite a customização do software e, até mesmo, que ele tenha outro nome e funcionalidades adicionais;
  • não pode ter discriminações para a sua distribuição, ou seja, qualquer pessoa pode ter uma versão do software.

É importante dizer que, apesar de o código-fonte ser aberto, não necessariamente ele será gratuito. Ao utilizar um modelo open source, deve-se avaliar o tipo de licença que rege o produto, pois existem diferenças com relação aos direitos de distribuição.

Conheça as principais vantagens em sua utilização

O modelo open source oferece uma série de benefícios para as empresas. Confira os principais a seguir.

Maior confiabilidade

Os programas open source são desenvolvidos por uma grande comunidade de desenvolvedores. Isso significa que muitas pessoas analisam e testam cada parte do software para garantir sua qualidade.

A segurança é outro ponto importante. Nos softwares fechados, não é possível verificar se existem práticas de segurança no desenvolvimento do produto. Já nos de código aberto, um desenvolvedor pode analisar o programa para conferir se os fatores de proteção foram implementados.

Por terem uma grande comunidade de desenvolvedores, sempre são lançadas atualizações do software. Isso significa que constantemente há correções disponíveis para eventuais falhas e atualizações com melhorias para o sistema.

Possibilidade de personalização

A grande vantagem de utilizar o open source é a personalização do sistema. Dessa forma, uma empresa pode comprar um software com licença open source para fazer as modificações de acordo com a sua necessidade de negócio e distribuí-lo livremente assim para a utilização dos funcionários, por exemplo.

Já em softwares proprietários, esse tipo de alteração não é possível, já que não há a possibilidade de acesso ao código-fonte e de distribuição para outros usuários.

Fontes de suporte mais intensas

Outra vantagem do open source é não ter a necessidade de depender de um único fornecedor para o suporte. Isso, porque cada software conta com um grande número de desenvolvedores, que participam de fóruns dedicados ao produto. Dessa forma, diversas pessoas podem apontar a solução para o problema apresentado.

Powered by Rock Convert

Alguns sistemas oferecem um suporte pago para quem não quer depender da comunidade. Além disso, também existem diversas empresas que oferecem suporte a esses produtos. Esse serviço é pago, entretanto, é possível escolher a que proporciona o melhor atendimento. Já em software proprietário, a dependência é de um único suporte.

Excelente relação custo-benefício

Grande parte dos programas open source é gratuita. Mesmo que seja cobrado um valor para a aquisição do produto, a empresa tem a liberdade de utilizar o software para fazer qualquer melhoria e utilizá-lo quantas vezes quiser sem se preocupar com o pagamento de licenças por usuário.

Essa possibilidade permite uma grande economia para as empresas. Imagine o custo da licença de um sistema operacional, como o Windows, para todos os computadores de uma empresa de 500 ou mesmo 30 funcionários. Ao utilizar uma alternativa open source, ela pode escolher entre as diferentes versões do Linux, por exemplo, e economizar com o custo da licença por usuário.

Interoperabilidade

Outra característica do open source é a sua facilidade de comunicação com outros produtos do mercado. Por ter o código-fonte aberto, os desenvolvedores podem facilmente adaptar o software para interagir com esses sistemas e aumentar as funcionalidades originais, por exemplo.

Na prática, isso significa que um software pode enviar e receber informações de outro de forma simples, transparente e segura. Essa é uma característica importante para empresas que utilizam sistemas heterogêneos.

Flexibilidade

Assim como é possível editar o código-fonte para aumentar os recursos oferecidos no sistema, também há a possibilidade de reduzir o produto. Suponha que o software ofereça muitos recursos que não serão utilizados pela empresa. Basta que um desenvolvedor faça as devidas alterações para retirar essas funcionalidades e deixar o programa apenas com o que interessa ao negócio.

Essa alternativa é importante, por exemplo, para ocupar menos espaço em banco de dados, já que, ao reduzir o sistema, muitas tabelas que não teriam utilidade para o negócio não serão criadas durante a instalação do software. Com isso, há, também, a economia com relação ao espaço em disco para o armazenamento das tabelas ociosas.

Essa flexibilidade é muito importante, principalmente para os sistemas armazenados em nuvem. Dessa forma, é possível obter mais economia de recursos utilizados pelo software.

Saiba como o Cronapp pode ajudar na utilização do open source

O Cronapp é uma plataforma integrada voltada para o desenvolvimento de softwares em nuvem. Seu grande diferencial é possibilitar que o desenvolvedor possa realizar todo o seu trabalho sem que precise fazer instalações e configurações de ambientes de desenvolvimento local, o que consome muito tempo e acarreta falhas operacionais no momento de enviar as alterações para a produção.

Ao criar e usar a conta na plataforma, o desenvolvedor tem acesso ao seu ambiente completo, no qual pode executar todas as atividades necessárias para o desenvolvimento do software com facilidade e segurança.

A plataforma oferece uma série de recursos, como blocos de programação pré-configurados. Seu objetivo é permitir a criação de softwares com o modelo de desenvolvimento Low-Code e High-Code. Além disso, o desenvolvedor pode escolher entre diversas linguagens de programação, como Java, Python e Node.

Como vimos, o software open source é uma excelente alternativa para as empresas que buscam mais economia e flexibilidade. Além disso, sua utilização oferece uma série de benefícios, como a redução de custos, uma grande variedade de suporte e a possibilidade de customização do sistema.

Agora que você já conhece as vantagens de utilizar o software de código aberto, entre em contato conosco e saiba como uma plataforma de desenvolvimento pode ajudar o seu sistema!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *