A criação de sistemas tem várias etapas e mecanismos para evitar problemas. A definição do projeto de desenvolvimento de aplicativo, por sinal, é uma das mais importantes. Ela garante que todos os profissionais em sua equipe terão o mesmo conhecimento sobre as metas, as estratégias e os requisitos da aplicação.

Em outras palavras, realizar um bom projeto de desenvolvimento de aplicativo é fundamental para o sucesso do seu projeto. Sem ele, falhas podem ser mais frequentes, assim como atrasos e gastos desnecessários.

Quer saber mais sobre o tema? Veja abaixo como estruturar um bom projeto de desenvolvimento de aplicativo!

Por que sua equipe precisa estruturar corretamente um projeto de aplicativo?

O projeto de desenvolvimento de aplicativo é um documento em que todos os detalhes relacionados à criação de um software são listados. Isso inclui – mas não se limita a – pontos como os requisitos, a metodologia, os prazos, os processos de testes e os times que atuarão em cada etapa.

Esse documento auxilia no planejamento individual de cada uma das pessoas envolvidas no projeto. Elas conseguirão solucionar dúvidas, entender o seu papel e planejar o seu fluxo de trabalho de forma a ter o máximo de performance possível. Em outras palavras, o projeto de desenvolvimento de aplicativo evita que a companhia tenha falhas e aumenta as chances de que cada etapa tenha bons resultados.

Quais são os passos básicos para estruturar o projeto de desenvolvimento de aplicativo?

Para criar um bom projeto de desenvolvimento de aplicativo, como apontamos, alguns cuidados são necessários. Confira os principais abaixo!

Defina a sua ideia

Antes de começar a criar um aplicativo, é necessário saber quais são as bases do sistema. Em outras palavras, você deve identificar os pontos básicos da aplicação.

Para isso, faça um processo de brainstorm com a sua equipe. Busque ideias, funcionalidades e plataformas que possam ser utilizadas. Assim, será mais fácil identificar qual aplicação tem mais chances de lucro.

Conheça o perfil do usuário

Esse é um dos pontos mais importantes do projeto de desenvolvimento de aplicativo. Conhecer o perfil do usuário auxilia na definição de todos os pontos posteriores, como os requisitos de segurança, o layout e até a linguagem visual.

Portanto, faça um estudo completo sobre o seu público. Identifique as suas demandas, o seu tipo de problema e a linguagem mais adequada. Assim, o seu aplicativo terá um lucro muito maior.

Adote um bom layout

O layout é um fator crítico para a usabilidade do seu aplicativo. Ele influencia na exibição de conteúdos, no modo como o usuário acessa recursos e na capacidade que a ferramenta tem de fidelizar pessoas.

Sendo assim, sempre trabalhe para o seu layout estar alinhado às demandas do seu público-alvo e para que ele exiba os principais recursos primeiro. Além disso, garanta que ele seja funcional em vários tamanhos de tela.

Cuide da linguagem visual

A linguagem visual também é importante. Assim como o layout, ela deve estar alinhada com o perfil do usuário e com as suas demandas.

Se o público for jovem, você pode adotar uma linguagem mais leve. Porém, aplicativos de uso corporativo, por exemplo, normalmente adotam um tom sério, com pouco espaço para gírias ou palavras que indiquem intimidade.

Tenha um modelo de negócio

Todo aplicativo deve lucrar. Para garantir que o seu tenha um alto retorno, a escolha deve considerar o perfil do usuário e qual meio de licenciamento é capaz de trazer mais resultados. Entre os meios pagos mais tradicionais, podemos apontar:

  • freemium: esse modelo funciona como um teste gratuito. Apenas alguns recursos são liberados sem custo, e o usuário é obrigado a pagar se quiser usufruir da ferramenta completa;
  • assinatura como serviço: o usuário paga uma assinatura mensal pelo uso do software (que custa menos que uma licença completa) conforme o número de contas ativas e/ou de recursos utilizados;
  • licenciamento completo: esse tipo de licença é utilizado quando o usuário paga pela aplicação completa e passa a ter a sua posse por tempo indefinido;
  • exibição de ads: comum em aplicativos mobile, esse modelo conta com a exibição de propagandas periódicas na aplicação e o seu uso é gratuito.

Escolha uma boa metodologia

metodologia de desenvolvimento orienta o modo como os times atuarão em cada etapa. Portanto, ela deve ser escolhida com atenção para permitir que a equipe tenha a capacidade de atender às expectativas de cada líder do projeto de desenvolvimento.

Faça uma análise do perfil do time, dos prazos e dos requisitos da sua ferramenta antes de definir a metodologia. Assim, será mais fácil escolher uma estratégia que traga o retorno esperado e possa garantir a performance necessária para a sua equipe.

Analise o mercado

Uma das etapas cruciais inerentes ao desenvolvimento de aplicativos é a análise de mercado. Afinal, é preciso conhecer seus concorrentes diretos e indiretos para saber como se posicionar. Além disso, é fundamental saber quem é o público-alvo da solução oferecida, isto é, quem se interessa pelo produto e pode ser considerado um consumidor em potencial.

Powered by Rock Convert

Identificar o nicho do mercado que seu aplicativo pode preencher é primordial. Para isso, uma dica interessante é criar uma lista com todas as empresas concorrentes e se basear nessas informações para elaborar estratégias direcionadas. A ideia aqui é desenvolver um aplicativo superior e apostar em seus diferenciais competitivos.

Faça os wireframes e o storyboard

Esse é o momento em que o aplicativo começa a ganhar forma. Nessa etapa, é fundamental fazer os wireframes e desenvolver o storyboard. Antes de começar o desenvolvimento, é preciso se colocar no lugar dos usuários e pensar em como o entendimento e o manuseio podem se tornar mais simples e intuitivos para eles.

Wireframe é uma espécie de esboço de cada tela do app. Ou seja, todas as ideias anteriores devem ser reunidas aqui para que você possa ter uma visualização ampla sobre como deve ser o design do aplicativo. Considerando que cada tela tem uma função diferente, nenhuma deve ser igual à outra. Existem ferramentas que podem facilitar esse trabalho, como:

Já o storyboard refere-se à maneira como as páginas se comunicam entre si e ao fluxo entre as telas do app. Para criar esse fluxo, indicamos a ferramenta Fluid UI.

Planeje o back-end

Com os wireframes e o storyboard definidos, você tem uma base estrutural para o back-end, que é a programação que está nos “bastidores” do aplicativo.

O back-end não é visível como o layout, mas é necessário para o funcionamento do app, já que é responsável pela leitura das entradas (login) e direcionamento para a página destino de cada ação. Nessa etapa, os servidores APIs e as soluções de armazenamento devem ser definidos.

Estabeleça um período de testes

Por fim, todo aplicativo de qualidade passa por um período beta, ou seja, uma fase de testes até que seja lançado oficialmente no mercado. Esse período serve justamente para avaliar se os recursos estão funcionando em um ambiente real.

Felizmente, a Google Play Store não oferece restrição quanto à fase de testes de aplicativos. Basta fazer upload e o produto já poderá ser testado pelo público. Já na App Store, é preciso utilizar primeiro uma plataforma de testes para versões beta, como a Testflight.

Quais são as diferenças entre aplicativos específicos e plataformas de criação e desenvolvimento de apps?

No caso do desenvolvimento de aplicativos designados ao universo corporativo, geralmente as duas soluções utilizadas são os apps específicos ou nativos e as plataformas de criação.

Quando uma organização escolhe um aplicativo específico ou nativo, o resultado é um app único e personalizado que suprirá uma determinada necessidade ou, ainda, que possibilitará aos usuários uma experiência diferenciada.

Agora, se a opção escolhida for a plataforma de desenvolvimento, os usuários poderão contar com diferentes soluções, pois o objetivo é simplificar os processos e todas as atividades relacionadas à criação do aplicativo.

Além disso, vale destacar o fato de que, ao escolher a plataforma, já estarão inseridos todos os processos relativos ao desenvolvimento, à publicação, à operação e à gestão. Sendo assim, podemos afirmar que os principais benefícios dessa alternativa são:

  • custo de desenvolvimento e implementação unificado;
  • desenvolvimento de aplicativos 100% integráveis;
  • crescimento escalável para acompanhar a evolução do negócio;
  • otimização de personalização;
  • redução da frequência de manutenções de serviços – melhoria da experiência do usuário;
  • redução de custos com contratação de infraestrutura – publicação nas lojas de apps, servidores, banco de dados etc.

Como o apoio de uma empresa especializada faz a diferença?

A criação de um aplicativo, na maioria das vezes, pode ser um processo complexo. A empresa deve lidar com várias etapas, como apontamos acima, para distribuir uma solução de alta qualidade aos seus clientes.

Nesse cenário, uma boa alternativa para garantir a qualidade do seu projeto de desenvolvimento de aplicativo é escolher uma empresa parceira. Ela será responsável por definir, a partir da análise das suas demandas, a melhor estratégia de criação da ferramenta.

Para o negócio, isso terá um grande impacto, pois riscos serão eliminados e a qualidade final do sistema será ampliada. Os times trabalharão a partir de metodologias modernas e um planejamento definido conforme os principais padrões do mercado, atingindo mais facilmente os objetivos esperados.

Hoje, o desenvolvimento de softwares tem sido adotado por várias empresas. Seja para uso interno, seja para o atendimento de demandas de clientes, essa estratégia traz mais competitividade para a companhia, melhora a qualidade de seus serviços e permite uma ação mais bem direcionada perante os desafios do mercado.

Mas, para que tudo dê certo e os benefícios que um aplicativo pode trazer sejam alcançados, a companhia deve tomar alguns cuidados. Da criação do projeto de desenvolvimento de aplicativos até a avaliação dos resultados, o negócio precisa garantir que nenhum erro ocorra e que os times atuem da melhor forma possível. Assim, o retorno obtido com o investimento será maximizado.

Quer saber mais sobre como uma empresa especializada pode ajudar você a criar os seus aplicativos? Então, aproveite para entrar em contato com a gente e conhecer as nossas soluções!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *